Páginas

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Política

O homem é um animal político. Esta frase do filósofo Aristóteles é reveladora do papel que os gregos da antiguidade reservavam da política. Com efeito, entendemos esta frase pelo fato de o homem só viver coletivamente, e não de maneira isolada na sociedade. Acontece que a vida em sociedade só é possível se houver regras que tornem a convivência possível e que organizem as relações de poder. Em outras palavras, a política faz parte da natureza humana e está presente em todo lugar.
A política se manifesta nos mais variados e inesperados momentos da nossa vida. Não se trata apenas de uma atividade para os "engravatados" de Brasília, que vemos pela televisão e que, a cada eleição, pedem o nosso voto. A política faz parte do nosso dia a dia e diz respeito, sobretudo, às escolhas que fazemos. Cada vez que tomamos uma decisão e a comunicamos ou a impomos às pessoas com quem convivemos, estamos exercendo um ato político. Mesmo que esta decisão seja a de desligar a televisão para não mais assistir à propaganda eleitoral ou ouvir o discurso político. Inconscientemente, neste caso, estamos favorecendo o político que se apresenta na televisão ao não contestar o seu discurso. Aqueles que se dizem apolíticos, ou que não se interessam pela política, na verdade têm uma atitude política:  estão sendo conservadores e ajudam a manter a situação atual, pois a política continua sendo a forma mais eficaz de mudar o mundo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário