Páginas

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Os cnidários

Os cnidários (antigamente chamados de celenterados) são os primeiros animais a apresentar boca e uma cavidade com enzimas digestivas, a cavidade gastrovascular. Eles podem ter duas formas básicas: pólipos e medusas, ambos com simetria radial.
Pólipos são semelhantes a tubos, em que a extremidade inferior é fixa no substrato e na superior estão boca e tentáculos.
Medusas são formas móveis semelhantes a guarda-chuvas, com a boca rodeada de compridos tentáculos.
Os cnidários são diblástico, com ectoderme (epiderme) e endoderme (gastroderme) e, entre ambas, há a mesogélia, um material gelatinoso.
Apresentam cnidócitos, que são células especializadas características desses animais. Cada cnidócito tem uma pequena cápsula ovalada, chamada nematocisto, em cujo interior há uma solução tóxica e um filamento enrolado, com ponta em forma de dardo. Do lado de fora, uma espécie de gatilho, o nematocílio, quando tocado, abre o nematocisto, disparando o dardo embebido na solução tóxica.
Apresentam respiração aeróbia em que a troca de gases ocorre por difusão.
O filo cnidária é dividido em 3 classes: Hydrozoa, Scyphozoa e Anthozoa.

Nenhum comentário :

Postar um comentário